domingo, 20 de março de 2011

VW SpaceFox 1.6 Sportline x Palio Weekend Trekking 1.8

As peruas rivais se enfrentam para ver quem é que manda no terreiro
VW SpaceFox 1.6 Sportline x Palio Weekend Trekking 1.8
A Fiat faturou a liderança entre as peruas compactas em dez dos últimos 11 anos. Só ficou em segundo em 2007, quando a VW assumiu a ponta graças à SpaceFox, lançada em 2006. Agora, com as novidades introduzidas pela VW, está claro que a briga será dura daqui para a frente.

Neste comparativo, alinhamos a Palio Weekend Trekking com a nova SpaceFox Sportline, uma vez que, para enfrentar a versão Adventure, que é a mais vendida na linha Fiat, a VW ainda está preparando a versão aventureira que será lançada até outubro.

A nova SpaceFox estreia com ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos nas quatro portas, imobilizador e alarme, entre outros recursos, já na versão mais simples. Trata-se de uma oferta agressiva diante da lista de equipamentos da Palio Weekend Trekking, que não contempla ar-condicionado e trio elétrico. A Palio básica vem com direção hidráulica, computador de bordo, sistema Follow Me Home e Fiat Code, entre outros itens.

A SpaceFox básica é mais cara, custa 49 000 reais, enquanto a Palio Weekend Trekking básica sai por 44 770 reais. Mas, se incluirmos ar-condicionado e vidros e travas elétricos nas quatro portas, o preço da Palio sobe para 50 758 reais. A Fiat tem a vantagem do motor 1.8 de 114 cv, ante o 1.6 de 104 cv da SpaceFox. Os 10 cv fizeram diferença na pista de testes.

Nas provas de aceleração, a Palio foi 1,1 segundo mais rápida. Ela acelerou de 0 a 100 km/h em 11,4 segundos, enquanto a rival fez em 12,5 segundos. Na retomada de 60 a 100 km/h em quarta marcha, a diferença foi maior: 9,3 e 12,7 segundos, respectivamente. Como era previsto, a perua Fiat bebeu mais. Mas foi menos do que se poderia esperar, diante do desempenho. Suas médias ficaram bem próximas das conseguidas pela SpaceFox. Rodando com álcool, a Palio fez 6,8 km/l no ciclo urbano e 9,5 km/l no ciclo rodoviário. A SpaceFox obteve, respectivamente, as médias de 7,2 e 10,1 km/l.

O principal trunfo da SpaceFox está na jovialidade de seu projeto. Derivada do Fox, ela foi lançada em 2006 e agora ganhou novas frente e traseira, que a deixaram mais bonita e elegante. A adição de frisos na dianteira e o design horizontal das lanternas atenuam o aspecto de minivan, com teto alto. Por dentro, a perua recebeu o novo painel do Fox, mais completo e funcional. A capacidade do porta-malas da SpaceFox é de 430 litros, mas pode chegar facilmente a 527 litros, com deslocamento do banco traseiro. Na Palio cabem 460 litros. Nas duas os bancos podem ser rebatidos (de série) e bipartidos (opcional).

A Weekend estreou em 1997 e, embora tenha passado por sucessivas atualizações, chega a 2010 com as mesmas linhas básicas e o painel do Palio 2004.

A diferença de idade entre elas é flagrante, apesar de ambas terem pontos em comum. As lanternas, por exemplo, têm design semelhante (horizontais, bipartidas) por influência do italiano Walter de’Silva, que introduziu o conceito nos anos 90 quando trabalhava no Grupo Fiat e atualmente é o responsável pelo design do Grupo VW. Por dentro, no entanto, não há apelação: a distância entre os projetos é grande. Ao se abrir a porta das peruas, as impressões são completamente opostas: na SpaceFox a sensação é de algo inédito se descortinando, na Palio Weekend é a de encontrar algo há muito conhecido.

Ao volante, o que fica evidente não é necessariamente a idade, mas a diferença de comportamento de cada carro. A Palio é mais confortável ao rodar. Sua direção exige menos esforço e a suspensão absorve melhor a imperfeição do piso. Em contrapartida, deixa a carroceria mais solta e com mais inclinação nas curvas. A SpaceFox, ao contrário, tem conjunto mais firme. A direção é precisa e a suspensão comunica mais a interação dos pneus com o piso. Em longas viagens, essa calibragem tende a se tornar cansativa, mas jamais será sonolenta. Para quem gosta do estilo esportivo, a SpaceFox tem ajuste mais divertido.

Para continuar na liderança, a Fiat já tem uma estratégia que passa pela renovação da família Palio. Mas isso ainda demora: a perua vem depois do hatch e do Siena. Até lá, a Fiat sofrerá os ataques da VW. Neste primeiro confronto, a SpaceFox levou a melhor, apesar de ter ficado para trás na pista de testes.




SPACEFOX

DIREÇÃO, FREIO E SUSPENSÃO
A direção é precisa e a suspensão firme, quase dura. Os freios transmitem confiança.
★★★

MOTOR E CÂMBIO
O câmbio manual consegue tirar melhor desempenho do motor, que ainda assim perde para o 1.8 da rival.
★★★★

CARROCERIA
Além de mais bonita, graças ao face-lift, a perua ganhou acabamento de melhor qualidade que sua antecessora.
★★★★

VIDA A BORDO
A SpaceFox é um carro gostoso de dirigir e trata bem seus ocupantes. Seu painel dá gosto de olhar.
★★★★

SEGURANÇA
Duplo airbag e ABS são opcionais, na versão de entrada.
★★★

SEU BOLSO
A SpaceFox básica é bem equipada e tem preço competiivo.
★★★





WEEKEND

DIREÇÃO, FREIO E SUSPENSÃO
A direção é leve, mas precisa. A suspensão filtra as imperfeições do piso, porém deixa a carroceria mais solta. Os freios poderiam melhorar.
★★★

MOTOR E CÂMBIO
O motor, mais potente, trabalha em sintonia com o câmbio e ganha em rendimento.
★★★★

CARROCERIA
Apesar das sucessivas mudanças, a perua sente o peso do anos. Seu acabamento é inferior ao da rival.
★★★

VIDA A BORDO
Equipamentos como o computador de bordo e o Follow Me Home ajudam. O espaço é compatível com a categoria.
★★★

SEGURANÇA
Duplo airbag e ABS são opcionais.
★★★

SEU BOLSO
Páreo para a rival nos custos de manutenção. Seu projeto mais antigo perde pontos na desvalorização.

★★★



VEREDICTO

A Fiat sempre levou vantagem pela generosidade dos pacotes. Mas desta vez a VW caprichou, com ar-condicionado, direção e trio elétrico, desde a versão básica. Além disso, a Palio Weekend sente o peso dos anos. A Space é mais nova e acabou de ser reestilizada.




» Clique aqui para ver os números do teste
» Clique aqui para ver os dados técnicos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário